Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

19.07.14

Tarde de sabado


Lila

 

Comer peixinho na esplanada, ir buscar o filhote ao comboio, voltar com ele nos braços, de tanta saudade, ficar de boca aberta com o que cresce em pouco mais de uma semana, ficar a ouvir as novidades da estadia com a avó, tios e prima, ir andar de bicicleta pela cidade, como sempre fazemos.

Para o jantar, gaspacho.

Estamos sem horas para nada, a entrar devagarinho em ritmo de férias.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.