Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

15.06.18

À deriva

Lila
 Tenho muito medo do mar. Desde pequena. Nunca gostei de ondas, nunca nadei bem, tenho horror a que me passe uma onda por cima da cabeça, não gosto da sensação de um mergulho. Se houver ondas, já não entro dentro de agua e fico em terra, a ver os meus dois homens a divertirem-se.Passei muitos Verões na praia só dentro das poças de agua que o mar deixa em terra. Não em atrevia a entrar no mar. O meu pai tentava que eu superasse este medo levando-me para dentro de agua nas (...)
10.06.18

Tully

Lila
Eu fui ver este sozinha, porque cada um dos meus homens quiseram ir ver filmes diferentes. Mas fiquei com pena que o meu marido não tivesse visto este filme comigo.Uma grande historia sobre parentalidade, ou melhor, sobretudo sobre maternidade. Eu, mãe de apenas um filho, senti cada dor ao vê-la dar de mamar, senti cada minuto de cansaço que ela vive no filme. E tive apenas um  filho! Cada vez mais percebo que não seria capaz de dar conta do recado se tivesse ido a mais. Não mesmo. (...)
08.06.18

I feel pretty

Lila
Um filme cómico e ao mesmo tempo tão inspirador para mulheres de todas as idades. É efectivamente verdade que a beleza está sobretudo na nossa cabeça. Só isso explica haver em dias em que nos sentimos umas bombas, as rainhas do pedaço e outros em que nos parece que nos passou um camião por cima e olhamos ao espelho e só vemos a parte de trás de um acidente. 
12.05.18

Os empatas

Lila
Sou mãe de um adolescente, não há forma de negar isso. Mais vale ir vendo filmes e preparar-me psicologicamente para o que me espera...O meu filho foi com um amigo ver um filme de super heróis e eu fui ver este, uma comédia sobre como pais e mães podem ser perfeitos e ao mesmo tempo uns chatos do caraças no que aos filhos diz respeito.
09.05.18

Anthropoid

Lila
Em Praga e depois das visitas do primeiro dia, vimos este filme sobre a famosa operação Anthropoid, que tinha como objectivo matar o líder das SS que estava a comandar os massacres vividos nos nos anos 40. E foi tão giro estarmos a ver o filme com imagens da cidade onde estávamos, tendo visitado duas vezes a igreja e a cripta onde tudo se passou! Sentimo-nos completamente dentro da acção. O filme é um relato mais ou menos preciso do que se passou na época e vale a pena ver. 
23.04.18

A rapariga no nevoeiro

Lila
Sessão da tarde de sábado. Diversão e aula de italiano ao mesmo tempo. Um triller psicológico muito bem feito e bastante surpreendente. Fomos vê-lo sem o meu filho, que nos abandonou para ficar com a prima que veio da Algarve passar o fim de semana. 
08.04.18

Madame

Lila
Apesar de ter um final altamente enigmático, gostei muito do filme e ainda me ri um bom bocado.
04.04.18

Dos filmes desta pascoa

Lila
Este foi a maior desilusão dos últimos tempos. Enfadonho, aborrecido. Um filme praticamente sem diálogos, com poucos pontos de interesse. O típico filme que nos engana totalmente no trailer...Super interessante. Adoro filmes com base verídica e é sempre bom ensinar um pouco da nossa historia recente ao nosso filho. 
23.03.18

Maria Madalena

Lila
O típico filme de época de Pascoa. Eu gosto destes filmes épicos. Este, em particular, ou porque fui vê-lo sozinha, ou porque estou muito cansada, serenou-me, emocionou-me, apaziguou-me. Gostei especialmente da personagem Jesus Cristo. Não gosto particularmente do actor, mas reconheço que o papel lhe assentou como uma luva.   
16.03.18

Lady Bird

Lila
 Adorei! Um retrato da adolescência pela qual todos nos passámos e que me está agora a ser oferecida de bandeja pelo meu filho. Um filme simples, mas tão real que me fez emocionar e rir várias vezes. Sai da sala comovida e com medo. Temos ainda tantos anos de adolescência do nosso filho pela frente...