Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

10.03.21

Locked down

Lila
Uma desilusão. Cliché atrás de cliché sobre o confinamento. O vinho, a falta de sono por stress, as calças de pijama com parte de cima formal para as reuniões, os despedimentos nas empresas... Ficou-me apenas uma frase "Se não contares a ninguém, não aconteceu". E a maravilhosa Anne Hathaway, que nem no pior argumento do mundo faz ma figura.
09.01.21

Pieces of a woman

Lila
O filme desta tarde de confinamento. Não achei uma obra prima, mas é efectivamente um filme intenso e aborda um dos temas da actualidade, os partos em casa. Sempre fui completamente contra que se fizessem partos em casa, pondo em risco a vida das mães e dos bebés. Evoluímos tanto nas ultimas décadas para que os partos deixassem de ser feitos em condições de risco, para agora voltarmos ao mesmo. A taxa de mortalidade nos partos desceu abruptamente, precisamente porque passaram (...)
13.12.20

Fuga de Pretoria

Lila
O filme deste fim de semana. Baseado na fuga da prisão, na vida real, de dois prisioneiros políticos, Escape From Pretoria é um thriller de corrida contra o tempo que tem como cenário os dias tumultuados do apartheid na África do Sul. Passei o filme todo encolhida, com uma camada de nervos sem fim. Mas gostei muito.
04.12.20

Miss

Lila
Já não ia ao cinema há imenso tempo. Esta coisa de termos recolher obrigatório ás 13h ao fim de semana corta-nos as pernas para fazer seja o que for. Mas hoje saí do yoga e apesar do frio de rachar, arranjei-me e fui. E o que valeu a pena ter passado frio! O filme do Rúben Alves é excelente e toca na ferida do preconceito e da descriminação. Chorei e ri, emocionei-me e adorei a prestação do actor principal, um actor e modelo (Alexandre Wetter), conhecido pela sua (...)
25.10.20

Listen

Lila
Fui ver hoje, ao final da tarde, sozinha. Cheia de expectativas, não só pela publicidade que lhe foi feito, pelos prémios que ganhou em Veneza, mas também pela temática, que me diz muito. Tenho que dizer que não amei. Acho a interpretação da Lúcia Moniz brilhante, consegue ver-se-lhe as entranhas e sentir-lhe a dor. Emocionei-me muito com o papel do adolescente, talvez por ver nele o meu filho e imaginar o que sofreria numa situação idêntica. E gostei do decorrer da (...)
12.04.20

Domingo de Páscoa

Lila
Domingo de Pascoa sem o tradicional almoço de família em Águeda, terra do meu pai. Levantámo-nos tarde, tomamos o pequeno almoço na varanda, com muito sol. Fizemos uma volta de bicicleta, os três. Regressámos. Banhos e pijamas. O resto da tarde passou.-se a ver o Irishman. São mais de três horas de filme! Gostei bastante da primeira parte, a segunda foi mais aborrecida. Mas é um bom relato da historia da máfia Italiana nos Estados Unidos. O meu marido esteve ontem ao serão (...)
25.02.20

Parasitas

Lila
E ontem lá fomos finalmente ver o melhor filme de 2019. Eu gostei, tendo em conta toda a excentricidade inerente a ser um filme coreano. Acho que o argumento esta bem pensado e impressiona muito ver como a filmagens da noite de chuva torrencial e das inundações foram feitas. Se é o melhor filme de 2019, não sei, mas não me desiludiu. E gostei particularmente da parte em que nos mostra como um detalhe sobre nós, comentado por outros, nos pode levar a actos inesperados e impensados.
12.02.20

Tudo pela justiça

Lila
Em fim de semana de Óscares, fomos os Três ver este filme. Eu adorei. Trata-se da poderosa história verídica do jovem advogado Bryan Stevenson  e a sua luta pela justiça. Após a licenciatura decide ir para o Alabama defender quem foi injustamente condenado por crimes que nunca cometeram ou que nunca tiveram uma representação legal adequada. Alabamo continua a ser um estado onde a pena de morte é ainda a pena máxima e onde o racismo excede todas as expectativas. Vale mesmo a (...)