Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

14.08.18

Alemanha

Lila
Mais uns dias passados com o pai na Alemanha, desta vez com o filhote. Chegámos na sexta-feira, já o pai cá estava há uma semana. Foi buscar-nos ao comboio de descapotável, e assim passeamos todo o fim de semana. Fomos ao espectáculo da WW no sábado, fomos ao Museu da Ciência, visitamos amigos, fomos à piscina... Uma roda viva! O João Afonso visitou as suas lojas favoritas, ate porque há sempre por aqui coisas que não temos em Portugal. O problema depois é conseguir fechar (...)
08.08.18

Dubai

Lila
Na volta de Bali, fizemos um stop over no Dubai, para cortar as 18 horas a meio e por lá ficamos 3 dias. Adorei e penso mesmo voltar, nem que seja num outro stop over  a caminho de outro sitio. Um calor incrível (sempre mais de 40 graus de dia e de noite) e com uma agua do mar a 37, que não vou esquecer nunca mais. Como tínhamos pouco tempo, organizamos muito em a nossa visita. No primeiro dia fizemos um tour pela cidade com um motorista. Visitamos o museu da historia do Dubai, (...)
08.08.18

Para terminar Bali

Lila
E passar ao Dubai. Dicas praticas para quem pensa ir até lá.Atenção aos vulcões e cenas relacionadas. Nos não tivemos nenhum problema porque apesar do Agung ter entrado em erupção 3 vezes enquanto lá estivemos, não demos por ele. Mas nas ultimas semanas, com o sismo, a coisa tem sido complicada. A Indonésia encontra-se em cima de uma das zonas mais instáveis em termos sísmicos em todo o mundo...E o problema é que a informação chega cá com algum atraso. No nosso caso, (...)
06.08.18

Bali-roteiro 3

Lila
Onde é que eu ia mesmo? Ah, Ubud. Depois dos 5 dias no hotel em Ubud, no centro da ilha e entre as montanhas, fomos para a ilha de Lengongan. São 30 minutos de barco e a compra do bilhete inclui já o transfer de um hotel ao outro. Legongan é muito mais calmo que Bali, ainda com poucos hotéis. No primeiro dia estivemos no hotel a parvejar ao sol, e o Afonso foi mergulhar. Pelo que conta, foram mergulhos divinos, com mantas e tubarões à mistura. No segundo dia, alugamos duas (...)
23.07.18

Bali-roteiro 2

Lila
A segunda parte da viagem foi passada em Ubud e redondezas. Ubud fica no centro da ilha, rodeada por montanhas e é muito menos turistica do que as zonas balneares. Eu gostei bastante mais, é mais tipica, mais genuina e tem imensa coisa para ver. Queriamos ficar apenas 3 dias, cabamos por ficar 5, porque o hotel era uma coisa do outro mundo e porque quisemos fazer dois dias de descanso na piscina a lagartar.Monkey Temple. A dez minutos a pé do nosso hotel, uma experiencia que há mesmo (...)
21.07.18

Bali-roteiro 1

Lila
Saímos de Portugal apenas com as primeiras duas noites reservadas em Hotel. A ideia era ir circulando pela ilha, à medida que fossemos percebendo que sítios queríamos conhecer. O primeiro local onde ficamos foi Semyniak. A praia, mesmo ao lado chama-se Kuta e é uma das mais famosas de Bali. No entanto, desengane-se quem ache que Bali é um destino de praias de sonho. Não é. Pelo menos para nós, que estamos acostumados a praias paradisíacas, com areia branca. Kuta tem uma praia (...)
18.07.18

Bali- a viagem

Lila
Decidimos tudo dois dias antes de viajar. Como sempre. Nem passaporte tínhamos valido. E ainda assim correu tudo mesmo muito bem. Viajámos pela Emirates, via Dubai e a viagem é mesmo muito longa. Há que reservar pelo menos um dia para ir e outro para voltar, o que quer dizer que nunca se deve pensar em estar em Bali menos do que 12 dias. Foi o que fizemos. A viagem dura 16 horas, se só falarmos de horas de voo. São 7,5h até ao Dubai e depois mais 8h30 até Dempasar. Fizemos apenas (...)
16.07.18

Voltei

Lila
Foram 3 semanas de férias fantásticas, uma viagem alucinante que irei descrever por aqui muito em breve e um desligar total de tudo. Hoje, já de volta ao trabalho com mil coisas para fazer (três semanas fora não perdoam...). Mal tenha um tempinho, venho contar a viagem.    
08.05.18

Praga

Lila
A nossa pequena lua de mel foi em Praga, uma cidade absolutamente fascinante, que adorámos conhecer. Passamos sete dias a percorrer ruas, pontes, monumentos e museus, com tempo para tudo, mão na mão. O bem que nos fez esta pausa da rotina, só os dois. Tenho que confessar que me deu muitos nervos deixar o meu filho uma semana sem mim, mas soube-nos tão bem, que valeu a pena. Como diz uma amiga querida, sou mãe, mas também sou mulher e esposa. Obrigada ao meu marido por ter (...)