Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

16.05.20

Varanda

Lila
Um dos grandes feitos do confinamento foi esta restauração do marido e do filhote. Pintaram o deck todo e a mesa da varanda. Plantaram plantas novas. Depois adicionámos um tapete e ficou mesmo baril. 
29.03.20

Voltar a dar valor

Lila
Ao momento em que pegamos num chá e nuns bolinhos e nos pomos os dois a conversar na varanda, em pijama, enquanto o sol se põe lá fora.
27.03.20

Duas semanas

Lila
Hoje dormi pouco e mal. Passei as noites ás voltas com a situação que estamos a viver. Os dias passam depressa e sempre com muita coisa para fazer, mas as noites custam um pouco mais. Hoje desanimei um bocadinho, a pensar que a coisa ainda está para durar. E já passaram duas semanas. Mas depois, entre reuniões e tarefas, e limpezas (hoje gastei mesmo energias e stress a limpar a casa) o dia passa. Outro dia que passa. Estamos todos bem e é só isso que interessa.
26.03.20

Google home

Lila
Nunca um dispositivo teve tanta utilização e tanto sentido como este agora. Passa o dia a receber pedidos de musicas, vídeos, gerir alarmes, fazer perguntas sobre tudo e mais alguma coisa, ligar e desligar luzes. Até converso com ele e tudo.
25.03.20

Fosga-se

Lila
De cada vez que a maquina de lavar roupa acaba e começa a apitar, o meu marido vai a correr e abre a porta da mesma. Tenho observado o fenómeno e acho que ele acredita mesmo que a roupa salta da maquina e estende-se nas cordas sozinha. Acontece exactamente o mesmo com a loiça. #agarremmesenaovoumeaele
25.03.20

Vidros

Lila
Os meus homens hoje limparam todos os vidros da casa. É um acontecimento tão raro, custou-lhes tanto, que parece que foram à guerra. :)
16.03.20

Coronavirus-relatório dos primeiros dias

Lila
Este isolamento social obrigatório fez-me ir passear para a serra no sábado, durante a tarde, com um sol maravilhoso. Andamos 19 km, sem ver viva alma, como mandam as regras, a apreciar a vista maravilhosa e a apanhar flores campestres que agora enfeitem duas jarras cá em casa. Fez-nos mesmo bem. No restante tempo do fim de semana dediquei-me a organizar o quarto do meu adolescente. Gavetas, armários, prateleiras, livros, tudo a eito. Desde que me deu para ai, para além do (...)