Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

29.10.18

Ser mãe sozinha 90% do tempo


Lila

Ontem a noite, já estava deitada, ouvi o meu filho a chamar-me. Levantei-me num pulo e dei por ele sentado na cama, branco como a cal da parede e muito mal disposto. Estivemos na casa de banho em frente a sanita, com ele a beber agua das pedras e cada vez mais branco. De repente, começa a vomitar e parecia o filme do exorcista. Ele, aflito. Eu, em pânico, a pensar que tinha que ir com ele ao hospital, ou se me desmaiava ali e eu não conseguia levanta-lo. Depois de vomitar, ficou bem. Lavou os dentes, e deitou-se. Eu já não dormi a noite toda, a vigia-lo. E percebo nestes dias, que estar sozinha com ele, é muito fácil na maioria das ocasiões e super difícil em situações de crise.