Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

09.01.21

Pieces of a woman


Lila

ems.ZW1zLXByZC1hc3NldHMvbW92aWVzL2VjODUyYmJkLTIzOT

O filme desta tarde de confinamento. Não achei uma obra prima, mas é efectivamente um filme intenso e aborda um dos temas da actualidade, os partos em casa. Sempre fui completamente contra que se fizessem partos em casa, pondo em risco a vida das mães e dos bebés. Evoluímos tanto nas ultimas décadas para que os partos deixassem de ser feitos em condições de risco, para agora voltarmos ao mesmo. A taxa de mortalidade nos partos desceu abruptamente, precisamente porque passaram a ser feitos com todas as condições de higiene e segurança obstétrica.Ponho esta decisão no mesmo patamar da dos pais que não vacinam os filhos. É o mesmo nível de inconsciência. Eu tive o meu bebé no hospital publico, abdicando de ter mais conforto e de ter o parto feito pelo meu obstetra, só para garantir que se o bebé precisasse, teria toda a maquinaria necessária e o pessoal qualificado  para socorre-lo e não teria de ser transferido à pressa do privado para o publico. Esses minutos são preciosos quando se está a lutar pela vida. O parto é sempre um procedimento de risco.