Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

24.03.17

Nada que eu já não soubesse


Lila

Fui à massagem. As costas estavam uma miséria, a barriga outra. Tudo num stress pegado. A minha massagista é russa, fala muito mal português, mas deu-me uma autentica facada à saída...Disse-me que eu não podia continuar assim, que devia estar prestes a ir mesmo abaixo, que tinha conhecido "uma menina que voava e de olhos brilhantes" e que agora estava longe disso. Eu sei. Sinto-me mesmo em baixo. Estou muito cansada. Vamos ver se com o acabar dos testes do rapaz e com o aproximar da semana santa, que costuma ser tranquila nos meus países de trabalho, isto acalma um bocadinho. Vamos ver.