Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

13.09.19

Marrocos


Lila

Primeira  semana. Estivemos 3 dias em Rabat, instalados no primeiro Riad dos 3 que elegemos. Rabat, é a capital e a segunda maior cidade de Marrocos. É uma cidade com praia, a qual faz concorrência com a Medina e toda a parte cultural. Alugamos um carro e fomos até Casablanca, onde visitámos os pontos mais importantes, entre eles a Mesquita Hassan II, o templo mais alto do mundo .Casablanca é a terceira maior cidade turística de Marrocos, sendo principalmente uma cidade de negócios por ser a capital económica do país. Depois, estivemos 3 dias em El Jadida, a antiga cidade portuguesa de Mazagao. Nesta cidade caótica, estão todos os marroquinos a passar férias de praia. Merece a pena ver a edificação portuguesa e a cisterna. Fizemos praia duas tardes, uma delas entre marroquinos, a outra num resort mais resguardado. Os últimos dias foram passados em Fez, que se tornou a minha cidade marroquina favorita. Fez tem uma Medina impressionante e há que ver a industria de coloração e tratamento de peles, famosa na cidade. O por do sol tem que ser visto de uma colina, com vista panorâmica para as 9000 ruelas da Medina. Impressionante. No caminho para Fez visitamos Vollubis, a cidade arqueológica que foi a primeira Fez. Adorei essa visita e fazem- se fotografias muito interessantes. 

Marrocos tem um fascínio incomparável, principalmente se nos misturarmos com os locais, ficarmos instalados nos riads, muito mais autênticos que os hotéis e igualmente confortáveis, comermos a comida tradicional e vaguearmos pelas Medinas, onde o cheiro das especiarias, as casas típicas, a amabilidade dos locais e as cores intensas nos fazem sentir vivos.