Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

29.09.15

JA, o humorista


Lila

O meu filho fez um poema sobre um pintainho (não me me perguntem porque é que a professora pediu a alunos de sexto ano que fizessem um texto ou poema sobre um pintainho, que eu não sei). Ontem trouxe o poema corrigido e eu ia morrendo a rir. Não tinha qualquer erro e eu ainda estou aqui a pensar o que é que a professora ficou a pensar. O poema falava de um pintainho carteiro, que ficava com as perninhas partidas por entregar uma conta a uma senhora que pensava "pacata". Mas escrito com um humor fora de série. Estive horas a rir.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.