Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

14.05.18

Gerir a ausência


Lila

MaríliaDuarte-4 (1).jpg

Hoje li um post da Catarina Beato sobre gerir as ausências e tive que lhe deixar um comentário com a nossa experiência. Somos quase campeões nessa gestão.Na passada semana percebi que, apesar de separados grande parte do tempo, somos muito mais unidos que muitos casais que vivem sempre juntos,.

Estou numa fase em que acredito seriamente que o fazemos bem, sem grande prejuízo para ninguém, principalmente para o nosso filho. Há dias em que me sinto mais sobrecarregada, outros em que me sinto bem, outros em que me sinto feliz com a forma como vamos vivendo, outros ainda em que em apetece mandar tudo as urtigas.

Mas não será isso normal mesmo para quem vive 100% junto?

Estou orgulhosa da forma como temos gerido a nossa disfuncionalidade. Mérito total nosso e do amor incondivional que nos une.