Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

22.01.20

Dias dificeis


Lila

Hoje chorei por causa do trabalho. Numa altura em que estou pelos cabelos, cheia de trabalho até as orelhas,  recebi um email injusto que põe em causa o meu profissionalismo. Nunca em 23 anos tinha sido posta em causa. Nunca. Chorei. Respondi à letra. E depois fiquei furiosa de ter ficado naquele estado por causa de uma pessoa que não vale a pena. Mas na verdade, o trabalho é uma parte tão grande da nossa vida, que é impossível não sentirmos. Impossível ficarmos indiferentes. Felizmente, desta vez tinha cá o meu marido. Que me acalma, que me puxa para a realidade, que me mostra o meu valor, que me orienta. Difícil mesmo é quando me acontece algo parecido e estou sozinha. O voltar a por os pés no chão é mais demorado e mais difícil. Alias, tudo sem ele é mais difícil.

Meu porto de abrigo para tudo.