Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

28.06.14

Dia nim


Lila

Estive para ir, depois para ficar, depois para ir, depois já não, e acabei por achar que sim, quanto mais não fosse para sair de casa.

Fiz o saco e lá fui eu.

Quando cheguei só me apetecia fugir.

Estava um frio, até chegou a pingar.

Mas valeu a pena aguentar ali uma horinha desagradável, porque depois abriu e veio um sol quentinho.

Li, e estive a olhar para o mar, para esvaziar a mente.

Já estou em casa e o balanço foi positivo.

Até consegui uma corzinha e tudo.