Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

31.05.16

Dia dos irmãos


Lila

Eu tenho duas irmãs que adoro e que são a minha família nuclear. Penso muitas vezes o que teria sido de mim sem elas, depois de termos perdido a nossa mãe. As minhas irmãs deram-me sobrinhos lindos e inteligentes, cheios de sentido de humor, muito parecidos connosco (gaba-te cesto). E é para elas que eu ligo na primeira aflição, no primeiro queixume, ou mesmo só para jogar conversa fora. Sim, não dei irmãos ao meu filho. Não quis conscientemente dar-lhe esse afecto. Dou-lhe todos os outros que existem e não me sinto nada culpada por isso. O meu filho tem primos, tem muitos amigos e há-de sobreviver com essa lacuna grave. 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.