Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

31.08.15

Dia de Domingo


Lila

Ontem fomos fazer um passeio no Sado, até Alcácer do Sal, com o grupo de mergulho do A.

Eu estava com medo dos meus enjoos de barco, mas a coisa correu muito bem, ou não estivesse o Sado uma calmaria durante a manhã.

Saímos de Setúbal às 9h30 em direcção a Alcácer mas fizemos duas paragens, uma para apanhar lingueirão e outra para apanhar ostras.

O meu filho adorou a apanha do lingueirão com o sal, estava doido com o fenómeno!

Depois fomos almoçar peixe assado a Alcácer, comprar pinhoadas e ainda tivemos tempo para uma pequena sesta.

O regresso foi atribulado, já o barco partiu a direcção e se não tivesse sido o A. a dirigir o motor, ainda devíamos estar no meio do rio hoje.

Para além disso, apanhámos o encher da maré a vento contrario, que nos fez dar uns valentes saltos até chegar a Tróia.

Ali, na praia, montou-se o fogareiro e comemos os lingueirões e as ostras. Divinais.

Ainda trouxemos um balde para casa, hoje à noite temos petisco assegurado.

À noite, apesar de estarmos todos moídos do passeio, ainda tivemos coragem para ir ver os Azeitonas à festas de Corroios e dar um beijo aos nossos amigos Helmer e Néné.

Dia bom, mas bom.

a.jpg

l.jpg

j.jpg

as.jpg

 

rt.jpg

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.