Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

19.03.21

Ainda sobre o dia do pai


Lila

Logo que comecei a namorar com o meu marido, comecei a dar-lhe prendas no dia do pai.  Não creio que tenha sido logo no primeiro ano, mas deve ter sido no segundo. Por isso, recebe prendas no dia do pai há 26 anos. E só foi pai há 16. Em primeiro lugar, agora que olho para trás, fico admirada que não o tivesse assustado com isso. Muito me espanta que tenha ficado comigo... Mas a explicação é simples. Eu tinha a certeza de que aquele era o pai dos meus possíveis filhos. E como ele não tem pai, ou melhor, tinha um pai ausente da sua vida, queria dar-lhe esse mimo, esse colo, num dia que deveria ser difícil para ele, como é para mim o dia da mãe, há tantos anos. 

Parabéns ao pai do meu filho. Parabéns a todos os pais e a todos os filhos que os respeitam e valorizam o tempo passado com eles.