Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

05.12.20

A vida mentirosa dos adultos


Lila

1540-1.jpg

Estiquei a leitura ao máximo, confesso. Sou fã numero um da Elena Ferrante e da sua escrita crua, real, sem filtros. Não queira que o livro acabasse.Apaixonei-me pela tetralogia na primeira linha e agora "A vida mentirosa dos adultos" não desilude absolutamente nada. Uma vez mais, me convenço de que Elena Ferrante só pode ser uma mulher. Nenhum homem podia descrever de forma tão alucinante, a cabeça das mulheres. E uma vez mais, adorei viajar pelas ruas de Nápoles, da sua cultura particular e voltar a ser adolescente. Li o livro em espanhol no kindle, mas já existe a versão em português.