Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

14.02.17

A minha mana


Lila

Nestes dias, em que é ela quem me aconselha, e me defende sempre, sinto-me menos mãe e mais filha. Desabituei-me de ser filha. Perdi a noção de que podem cuidar de mim.

(daqui a um mês faz 22 anos que perdi o meu colo)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.