Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

21.07.13

Pai


Lila

69 anos hoje.

Um pai que eu perdi por tantos anos.

Não imagino a minha vida sem ele, agora que o recuperei.

O meu pai é a única pessoa na qual eu me revejo em cada gesto, em cada opinião, na forma de viver e de ser.

Ás vezes até é assustador sermos tão parecidos...

Adoro-te pai!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.