Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

28.04.13

O almoço na tia do Norte


Lila

Há anos que não ia lá.

Passei toda a minha infância a ir lá muito amiúde, e as memórias envolviam sempre muita comida, cheiro a lareira, beijos de tias e primas que tinham bigode e que viviam em casas de pedra, no Norte profundo.

Há uns 16 anos que não ia lá e ontem foi um misto de emoções.

Ver a minha prima, que tem pouco mais do que um ano do que eu,  com duas filhas, uma delas já muito crescida, uma mulherzinha.

Ver os meus tios, que se mantêm iguais ao que eu me lembrava, apesar de terem muitos mais anos.

Ver a alegria do meu pai por nos ter lá.

Ver o meu filho feliz, a brincar no quintal da prima, a jogar a bola, a respirar o ar do campo.

Ontem foi de facto, um dia de emoções fortes.