Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

26.01.13

Sabado sem sol


Lila

Deitei-me cedo e acabei por adormecer com o meu filhote nos braços, que aquele pilantrinha quando lhe cheira a fim de semana fica a brincar ate mais tarde e depois enfia-se na nossa cama, ate que o pai o mude para a cama dele.

Acordei as sete, hora da semana, mas acabei por dormir outra vez.

O homem foi mergulhar com este tempo, há gostos para tudo..

Pequeno-almoço reforçado e mais um bocadinho de cama, para ficar a ler, no quentinho.

Estas manhãs de fim de semana sãoa minha perdição.

 

E temos que aproveitar, vamos ter muitos dias sem pai em casa, dois fins de semana inteirinhos que nos vão custar horrores.