Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

30.05.12

Vida nova


Lila

Ontem, cheguei de Madrid já quase na hora de jantar. Ele tinha levado o pai ao aeroporto, com a avó (não, não nos encontrámos) e tinha uma carinha triste.

"Não gosto desta nova vida sem o papá.

Gostava mais da vida velha".

E ali fico eu, a tentar inunda-lo de mimos, enquanto fazemos as tarefas da nossa rotina, agora novamente a dois, depois de um fim de semana a 3 e depois de ele ter ficado sozinho com o pai dois dias, sem a mamã das regras por perto.

Eu odiei ter desperdiçado dois dias com o meu marido (fui para Madrid as 5h30 de segunda, blach), mas ao mesmo tempo, foi bom para o meu filho ter o pai só para ele.

Papel difícil, o meu.

Vida difícil esta, a nova que todos temos.

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.