Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

28.02.12

Pára de crescer, filhote.


Lila

Há uns dias, vinha da escola com o meu filho pela mão e ele diz:

- Hoje a Mafalda zangou-se com a Rita, porque o Francisco gosta da Rita e não da Mafalda.

- A sério?

- Sim, e a Mafalda escreveu no chão que a Rita é má.

- Que feio, filhote, isso são ciúmes...E já agora, o que tem o Francisco de tão especial para que as meninas briguem por ele?

Tu és muito mais bonito! Não há meninas atrás de ti?

 

Fez um ar envergonhado, do tipo, "oh mamã, como é que podes dizer isso?" e abanou a cabeça, já todo corado.

 

-Pois eu tenho a certeza de que há muitas meninas a babar por ti.

- Bah, não há não.

 

 

Hoje, fui busca-lo á escola e fomos lanchar a uma pastelaria que fica lá perto.

Já sentados á mesa, diz-me muito maroto:

- Sabes mamã, tu adivinhaste!

- Adivinhei o que?

- Aquilo das meninas...acho que me saiu o jackpot!

- Então?

- Sabes, sair as 3 estrelas nas maquinas?

- Sim?

- Pois, tenho 3 meninas que gostam de mim...

 

E seguiu-se uma descrição pormenorizada das cartas que elas lhe escreveram e das respostas que ele deu.

O meu coração encheu-se de orgulho e de medo.

O meu bebé está a crescer muito depressa.

E eu não vou gostar de dividir os mimos deles com as meninas...

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.