Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

26.08.11

O meu vizinho é mais maluco do que o teu VI


Lila

Esta semana pediu-me desculpa duas vezes.

Ou melhor, uma vez foi a mim, e a outra era ao Afonso, mas ele não estava, então voltou a pedir-me a mim.

E tinha a voz arrastada.

Perguntei-lhe se estava melhor e respondeu que sim, ia melhorando.

Juro que fiquei com pena.

Doenças de cabeça são mesmo muito tristes.

Ontem ao serão já estava na dança do bate portas outra vez.

De madrugada saiu e entrou não sei quantas vezes e na ultima, saiu de carro com a luzes apagadas.

A forma como caminhava demonstra que já não está a fazer a medicação (medicado não anda, arrasta-se...).

De maneiras que eu já liguei para a vizinha que tem o numero da ex mulher dele, para que esta saiba e tome medidas.

É que segundo me contaram, o senhor tem intenção de se mudar para que definitivamente.

 

Nota 1: Alguém sabe de uma casa jeitosa para eu comprar?

Nota 2: Como é que eu sei destes pormenores nocturnos do homem? Muita insónia e demasiado tempo nas mãos.