Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

21.05.11

Colchão insuflável


Lila

Há um mês fomos comprar um colchão novo no IKEA.

O nosso já tinha 11 anos, o Afonso queixava-se há algum tempo das costas e queria substitui-lo.

E assim foi.

O velho foi arrastado até á garagem, para dar a alguém que precisasse. E nesse processo ficou um bocado sujo.

Acontece que o colchão novo, de látex, é super quente, nunca nos conseguimos adaptar, foi um drama,  uma desilusão.

Andámos um mês a ganhar coragem para voltar a leva-lo ao IKEA. (porque para cá veio enrolado a vácuo, mas para lá...)

E já estávamos conformados que teríamos que o trocar lá, porque não devolvem o dinheiro, dão-nos um talão de compra.

Mas afinal, devolveram a quantia, e abdicámos de o comprar lá, desta vez queremos uma marca de colchões respeitável, para ver se acertamos.

Mas ficámos com um problema para o fim de semana: não temos colchão para dormir.

E então, hoje vamos dormir num colchão insuflável, daqueles que se enchem sozinhos, comprado há uma hora no Jumbo.

A altura da cama, em caso de queda, é altamente perigosa e se calha a cairmos, acho que de uma fractura não nos livramos.

Só nós.