Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

14.04.11

Mudasti


Lila

Hoje dei-me conta de que mudei radicalmente de hábitos desde que enfiei na cornadura que não ia continuar a sentir-me mais pesada, sem pelo menos tentar mudar isso.

Vivi toda a vida sem pensar em dietas, sem preconceitos com o corpo.

Passei por uma gravidez com apenas 8kg a mais.

E nessa altura, pensando que esses kilos nunca mais me iam deixar, apostei com o meu marido que em um mês, voltava a vestir as minhas calças de ganga. O JA nasceu na segunda, e eu vesti-as nesse sábado.

Seis anos depois, sentia-me com peso a mais.

E ninguém achava isso a não ser eu.

 

Quando tomei a decisão de mudar, não contei a ninguém.

(Ainda hoje a maioria dos que sabem, acham mal, que não valia a pena, que estou bem, que...etc, etc.)

Marquei uma consulta e literalmente dei o corpo, ou neste caso, a boca ao manifesto.

Segui religiosamente as dicas da Santa Dra. Sara, que já fizera milagres noutras paragens (obrigada Tana) e a minha vida mudou.

Para melhor.

Porque não são os kilos que se perdem, embora esses façam muita diferença, porque nos sentimos bem com o nosso corpo e isso é fundamental.

Mais importante é mudar a forma de comer e pequenos hábitos que alteram por completo a nossa saúde. Há um conhecimento do próprio corpo, do que nos pode ou não fazer bem ou mal. (é que eu já não tenho vinte anos, né?)

Coisas como beber 1,5L água por dia, comer de 3 em 3 horas, mudar os alimentos gordos para magros, os normais para integrais, evitar os doces, fazer mais exercício físico, não nos tornam apenas mais magros.

Tornam-nos mais felizes.

E eu hoje apercebi-me de que já processo essa informação como se não houvesse outra forma de viver.

Sem culpas, sem paranóias, sem medo. Aproveito mais quando como algo supostamente proibido, dou mais valor.

E faço asneiras, compenso a seguir, e o meu corpo já reage como eu quero.

Em 3 meses sem visitar  a minha "santa", não só não ganhei peso como ainda perdi mais  meio kilo, e reduzi as medidas.

O que quer dizer que estou pronta para saltar do ninho dela.

Hoje estou muda, mas estou feliz.

(tirando que hoje de manhã experimentei 3 saias do ano passado e nenhuma me serve, estão todas enormes,  porra, não tenho nada para vestir!!!!!)