Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

29.03.11

O primeiro Mau


Lila

Hoje o meu filho trazia um recado da professora.

Tinha-se portado mal, não queria sentar-se, foi insubordinado.

Mau no comportamento e eu tive que assinar, para provar que tomei conhecimento.

Foi a primeira coisa que me mostrou quando cheguei, de rabinho entre as pernas.

Não sabe explicar o porquê e nós lá tivemos que lhe fazer o discurso da ordem, para que não volte a acontecer, que ficamos tristes, etc, etc.

Parecia que não estava muito preocupado com isso, mas lá aceitou o sermão.

Tivemos uma noite muito agitada, entre levar o pai ao aeroporto, ir ao dentista de urgência porque lhe doía um dente, ir ás compras e voar para casa para lhe dar banho e deitá-lo a horas decentes.

Já na cama, chamou-me várias vezes para dizer que "me adorava até ao infinito".

Depois, apareceu na cozinha a chorar.

Que estava muito triste por se ter portado mal na escola.

Fiquei com o coração despedaçado.

E percebi que também as crianças sofrem  o mesmo mal dos adultos.

Já dizia a minha mãe que a melhor almofada, é uma consciência tranquila...