Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

20.03.09

Sobre o dia do pai


Lila

Hoje estou no Porto. O pai lá de casa esteve até ontem em Madrid, o que deve fazer o meu filho pensar que os pais estão completamente doidos e desencontrados (e é mesmo verdade).

Hoje de manhã, antes de ir ao escritório acabar a apresentação que vou fazer amanhã no congresso, e rumar ao Porto, ainda fui comprar uma prenda para o pai mais lindo do mundo e deixá-la em casa, para que o JA a pudesse dar esta noite.

Tudo porque não tive um segundo para a comprar durante a semana.

Pelos vistos o pai gostou do presente e foram todos jantar fora (pai, filho e avó).

Eu fiquei fora da comemoração, porque já estou no Porto... :(

Este dia sempre foi especial para mim, mas nos últimos anos, como não tenho pai presente, foco as minhas atenções no meu marido.

Aliás, desde que começámos a namorar, há 16 anos atrás, que lhe dou uma prenda no dia do pai, justificando sempre que seria o pai dos meus filhos e portanto merecia a prendinha...

Olhando agora para isso, aos 20 anos, não me parece muito romântico, parece mais assustador...

Mas como ele se aguentou por aqui, e não fugiu a sete pés da primeira vez que lhe dei a prenda,..

 

Merece mesmo!!!!

 

Feliz dia do PAI!!!!!!!

Felizmente, tens a sorte de ter o filho mais lindo do mundo...e também o mais reguila.

Em tudo isso saiu a ti.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.