Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

14.02.11

Dia dos namorados


Lila

 

Nós não achamos muita graça a este dia, cá em casa.

Ou melhor, não achávamos.

Porque agora o nosso rebento quer comemorar a coisa e eu tive que ir comprar uma prenda para a namorada e outra para a professora.

O meu filho é um poço de amor e sensibilidade, embora quem o veja, assim de longe, não consiga adivinhar.

Mas, nisso, Deus o conserve assim, é igualzinho ao pai.