Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

07.02.11

Black swan


Lila

 

 

Bem, eu li tanto sobre o filme , que tinha uma expectativa gigantesca em relação a ele.

Mas não me desiludi, achei apenas que alguns dos relatos que fui lendo foram um bocadinho exagerados.

O filme é de uma beleza assustadora.

Ainda mais porque, para alémda temática ballet também aborda temas tão profundamente actuais como a busca doentia da perfeição, num mundo tão competitivo como é o nosso, a projecção dos pais nos filhos, tentando a vivo esforço que sejam eles a viver o que os pais não conseguiram, os problemas de foro psicótico que afecta tantos e tantos jovens hoje em dia (cortarem-se, arranharem-se por puro prazer de se magoarem)...

Tudo isso não me irá tirar o sono, mas vai pôr-me a pensar durante uns dias.

Acerca da Natalie Portman, para quem não é bailarina, meu Deus, que papel filho da mãe.

Mas também ouvi dizer que os meses de treino lhe valeram um filho.

Parece justo.