Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

11.12.10

Não hei-de morrer sem isso.


Lila

Há coisas que me ficaram engasgadas e que eu não consigo esquecer.

Mesmo que perceba que não tem sentido, ou que passou o momento, que não devia pensar nisso, mas o que é certo é que de vez em quando penso.

Eu não tive um anel de noivado, nem mesmo um pedido de casamento.

E sempre que vejo um daqueles pedidos espectaculares nos filmes, com anel e tudo, fico sempre a babar.

Fizemos festa de casamento porque eu não queria perder a oportunidade de me vestir de noiva, de celebrar o dia como devíamos,  e ficar o resto da vida a pensar nisso.

Faltou-me apenas esta parte. Decidimos casar, começámos a preparar tudo ( e fizémo-lo em meia dúzia de meses porque queríamos casar no dia 19 de Fevereiro, dia em que começámos a namorar...) e em sete anos de namoro, nunca usámos uma aliança e eu não cheguei a ficar noiva, nem tive o "tal" anel.

E o pior é que eu sei que só não aconteceu por teimosia do meu noivo.

 

1 comentário

Comentar post