Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

10.12.10

Desigual1-Biju 0


Lila

Há uns tempos comprei uma malinha amorosa com florinhas, na Biju do Almada Fórum.

E tres dias depois, a malfadada mala estava com um dos fechos a esgaçar.

Fui á loja e expliquei o sucedido, se podiam arranjar ou mesmo trocar.

A mala tinha 3 dias e dizia Biju por todo o lado, nas etiquetas de dentro e de fora.

Disserem-me que sem talão, nada a fazer. Respondi que não tinha guardado o talão, que era uma coisa para mim, que me servia e não tinha sentido, dado que a mala era comprovadamente da loja.

Nada a fazer.

Pedi para falar com a gerente, que nem estava, nem voltava tão cedo.

Pedi para fazer uma reclamação, deram-me um site para enviar um email e eu acabei por não fazer nada, mas jurei pela minha saudinha que nem que me dessem as malas e as bijutarias, nunca mais lá entrava.

As empregadas foram antipáticas e não me solucionaram minimamente o problema.

Não era pelo valor, tinha custado 19€, mas apenas por uma questão de imagem da loja.

Eu, sendo empregada da loja, nem que pagasse do meu bolso, mas a cliente não saia a jurar não voltar.

Na terça-feira, a meio do espectáculo do Cortès, percebi que a minha mala favorita da Desigual tinha um dos compartimentos com o fecho estragado.

Fiquei lixada, comprei a mala esta estação, as coisas da Desigual custam os olhos da cara e eu não queria ficar sem a mala. Que é linda de morrer.

Mais uma vez, qual talão, qual quê.

Pedi ao meu marido para lá ir, já que eu estava em Madrid, com o meu cartão de cliente da marca.

E mesmo sem talão, mesmo não tendo comprado a mala na Desigual do Fórum Almada, a empregada não descansou enquanto não me deu uma mala novinha em folha, com o respectivo pedido de desculpas.

Pois é, assim se trabalha e eu, que já era absolutamente vidrada na marca, fiquei ainda mais agarrada.

Obrigada, Desigual.

Têm aqui (já tinham, mas o meu coração podia ter ficado um bocadinho ferido) uma cliente para a vida.