Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

10.10.10

O look da madrinha


Lila

O vestido que de resto adoro de paixão é da Tintoreto.

O penteado foi feito pela minha cabeleireira de eleição, A D. Isabel, que sabe o que eu gosto e que felizmente resistiu as minhas suplicas de me deixar o cabelo liso e solto e fez o penteado que se adequou na perfeição ao vestido, mesmo sem o ter visto.

Eu não sou de grandes produções, acho mesmo que só fiz um penteado sofisticado no meu casamento, nos outros eventos opto sempre pelo cabelo solto, sinto-me melhor assim.

Mas desta vez. confesso, ela tinha razão e funcionou bem.

A maquilhagem foi a prova de que guardado está o bocado para quem o há-de comer.

A minha esteticista estava de férias e então não havia hipóteses de ser ela a fazer o milagre de me por com cara de gente.

Mas na sexta, na depilação, quando eu esperava a colaboradora da minha Susana Póvoa, apareceu ela própria, antecipadando o final das férias e no sábado, foi ela quem me fez a maquilhagem.

E como me conhece bem, acertou em cheio no look que eu queria.

Ah, os sapatos de princesa são da Haiti e a mala da Aldo.