Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

14.09.10

Chagas


Lila

Estou há dois dias inteirinhos a fazer um curso Iberoamericano sobre Doença de Chagas.

Amanhã ainda tenho o dia inteiro pela frente.

E se ontem me pareceu giro e interessante, hoje já vomito Trypanossomas e vectores.

Já vi mais fotos de barracas na América do Sul nestes dois dias que em toda a minha vida.

Já vi todos os tipos de triacomas, um tipo de insecto que parece uma barata, e que transmite a doença. Já os vi de todas as cores, em todos os tamanhos e em todos os feitios.

O mapa dos paises do mundo onde há casos de infecção...esse, apareceu em todas as apresentações. Se não era o mesmo, era parecido. Parecia copy paste.

Hoje sai de lá que não podia.

Vejam só que apareceu um investigador a falar do vector da malária, do mosquito e das experiencias que fez ao bichito e eu adorei.

Só porque já não aguentava o Chagas.

E os epidemiologistas que estudam o Chagas.

Fónix.

Raio de  gostos os meus.