Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

28.08.10

Nostalgia


Lila

Hoje, ao sair da praia, tive uma sensação recorrente nesta altura do ano.

Um aperto no peito, como se estivesse a aproveitar os últimos dias com um amigo querido por perto, alguém de quem me vai custar muito despedir.

Os dias estão cada vez mais pequenos.

E mais dia, menos dia, o meu amigo Verão acaba.

Não sou do tipo depressiva, nem pouco mais ou menos, mas confesso que me invade a tristeza, quando penso que não tarda nada e temos que arrumar os chinelos e os calções, os vestidos frescos e os tops, os biquínis e as túnicas.

Eu sou Verão, apesar de ter nascido no mais rigoroso dos Invernos.

E só de pensar que os meus fins de semana de praia são substituídos por fins de semana de chuva ( por muito bem aproveitados que sejam) dá-me assim uma espécie de nostalgia.

E o pior de tudo é que ainda falta um mês para que o Verão acabe no calendário, mas os anúncios de regresso á escola e ao trabalho, os que anunciam "os últimos mergulhos e as últimas gatinhas", arrasam com o pensamento positivo de qualquer um.

É que é mesmo provável que em Outubro ainda me vejam na praia, mas os dias longos, o Sol escaldante e o mar ameno, esses, ficaram para trás.

E a mim, custa-me muito.

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.