Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

16.06.10

Curtas


Lila

O Afonso não dorme há dois dias.

É que o homem detesta ver um raio de luz que seja no quarto e na Finlândia, por estes dias, não anoitece...

 

Estou a imaginar o colega a quem vou dar formação como "o sevilhano" e imaginem o que me vem á  minha ideia?

O pobre, vestido com aqueles vestidos de bolinhas, peineta na cabeça, leque na mão e por ali a bambolear-se.

Espero que amanhã não me venha essa  visão a meio da formação...:)

 

O meu filho continua bem disposto, e já não falta tudo...