Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

17.05.10

JA, o criativo.


Lila

O nosso filho anda numa fase engraçadíssima.

Ele, que sempre foi um apaixonado dos jogos electrónicos, wii, playstation, nintendo, gaymeboy, agora passa horas a desenhar, a pintar objectos de gesso, a fazer colagens, a escrever e a fazer contas.

Nem mexe na Wii.

Os jogos estão a acumular pó. Os comandos estão a rebentar de tanta carga.

E com isto, também passa mais tempo de qualidade connosco.

Agora, por exemplo, em vez de já estar na cama, está espalhado no chão do escritório, onde recortou um jornal e faz  uma colagem maravilhosa, com história a tiracolo.

E nós, de tão orgulhosos do nosso carequinha, nem conseguimos mandá-lo dormir.

Ficamos feitos parvos a vê-lo crescer.