Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

15.07.24

Tenho muita sorte


Lila

Sei bem que muitos, educados com muito amor e muito rigor, se desviam. Sei que falhei muitas vezes, que fui chata, que fui muito exigente. Talvez não tenha sido a melhor mãe do mundo ( como tanto quis ser). Mas caramba, saíste-me melhor, muito melhor do que alguma vez poderia ter imaginado. E esta foto diz tudo. Temos um futuro bonito pela frente e estamos juntos em mais um desafio. No teu abraço, meu filho, sou capaz de tudo.

15.07.24

Fribourg


Lila

Nas últimas duas semanas chorei muitas vezes. Enervada com a vinda para a Suica, con as burocracias que empancaram, con o receber das chaves da casa que nao sabia se ia mesmo acontecer. E porque vinha soznha. O meu marido é uma rocha que me ajuda a ultrapassar os medos, as ansiedades, a ter forca para vir ao de cima quando me apetece afundar, desaparecer e desistir. Tem muitos defeitos, cono todos nos, mas nao ha nunguem neste mundo que me impulsione mais. Talvez o meu pai esteja muito perto desse patamar. Ontem, sai de Lisboa destruida. O Afonso foi para a Alemanha. O Joao Afonso anda pela Europa num interrail. E eu cheia de medo do dia de hoje. Jantei con o meu filho, que passou pela Suica so para me ver. E acabou por se apaixonar por esta nova cidade que tambem vai ser um pouco sua. E hoje esteve comigo a receber a casa, fez parte desse mmento que marca um novo começo. . Hoje correu tudo bem. Coisas pequenas e coisas grandes correram bem. E eu sei que para levar tudo isto a bom porto, tenho que celebrar as pequenas vitorias. Dar-me mérito. Foste capaz. Hoje foi um dia bon e so chorei um bocadinho. De alegria.

12.07.24

Querido Porto


Lila

25 horas vao ter que chegar para matar saudades tuas.

11.07.24

Outra vez com um aperto no peito


Lila

Acordei esquisita. Despachei as coisas em casa, fui à Wink fazer sobrancelhas e ao cabeleireiro pintar as minhas raízes. Agora que estou temporariamente perto da minha cabeleireira, deixo o shampoo dos brancos de lado …Aorsar de ter tido uma manhã de mimos… o aperto do oeito não passou. Ando nervosa com o regresso à Suíça. Vão ser 3 semanas a acampar na minha nova casa, sozinha. O meu filho anda a passear na Europa, isso inquieta-me. Enquanto não assentar no novo poiso, não me vou sentir confortável.

11.07.24

A noite de ontem


Lila

Já é um clássico. Sempre que cá estou combinamos uma noite de teatro e jantar com os nossos queridos amigos, Nene e Helmer. Ontem vimos o Princípio da incerteza de Heisenberg. Adorei o texto, faz-nos pensar na evolução da nossa vida e no que vale mesmo ou não fazer. O jantar foi de gargalhadas e sushi. O cansaço com que me levantei hoje valeu muito a pena. ❤️

07.07.24

Praia


Lila

O Afonso foi para o Algarve ter com a mãe e eu fiquei a disfrutar de um maravilhoso dia de praia, sozinha, a ouvir podcasts, a ler e a escrever. Estava a precisar deste sol. 🌞 ( mas caraças, nunca me vou habituar a este mar gelado).

07.07.24

Sabado


Lila

De volta a nossa praia favorita, Galapos. E apesar do vendaval, conseguimos apanhar umas horas de sol depois do almoço maravilhoso no restaurante do Paulo.

07.07.24

O antes e depois


Lila

Um bom bocado cortado, fiquei mais leve.

04.07.24

Quinta feira


Lila

Caminhada de manha, reunião com a chefe ao meio dia e planos de trabalho definidos para as próximas semanas, avanço nos processos burocráticos da casa da Suíça, corte de cabelo na Susana e consulta de dermatologia com peeling. O meu marido, que chegou ontem ao final da noite, conduziu-me ais lugares e agora vamos jantar no famoso Ramiro.

Pág. 1/2