Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

19.09.19

A semana do regresso


Lila

Mil emails para ler e responder. Um curso para preparar e dar. Reuniões para preparar e assistir. Uma tarefa muito chata que ando a arrastar a semana toda. Dar-me conta de que tenho que fazer uma apresentação na reunião de management da semana que vem e ainda não ter começado nada. Muitos números para analisar. Esta tarde tive uma crise de nervos tão grande que ate tive vómitos. 

Nem as aulas de yoga ao fim da tarde me têm valido.

IMG-6006.PNG

 

 

16.09.19

JA


Lila

IMG_5548.JPG

Este bonitão começou hoje o 10ºano. E começa na quarta-feira o 6º grau de conservatorio. Está lindo que doi e crescido que se farta.

16.09.19

390 km


Lila

Em 3 semanas, fizemos 390 km a pé. Acreditamos que é a única forma de conhecermos as cidades e por isso para nós e natural. Mas não deixa de ser impressionante...

IMG-5985.PNG

IMG-5984.PNG

IMG-5983.PNG

 

15.09.19

Manicure e pedicure


Lila

Andei 3 semanas a suspirar pela minha manicure. Estive no total, um mês sem ela e mal cheguei, fui a correr para o salão... Que falta me faz ter as mãos e os pés arranjados (principalmente por ela, que é a melhor).

unnamed.jpg

 

 

14.09.19

E depois...


Lila

Quase um mês sempre juntos e de repente, entras num avião e sais da nossa vida por muitos dias. Deixas um vazio que não conseguimos preencher, de que não gostamos de falar, que nos dói muito e tentamos esconder. Preenches muito espaço quando estas, tens muitos planos, fazemos muitas coisas todos juntos e gostamos dessa animação ( embora as vezes nos queixemos disso). Valorizas todos os minutos juntos  e pões a família, esta nossa pequenina e unida família de três, sempre em primeiro lugar. Ate das tuas (raras) birras temos saudades. De repente, fica só essa saudade. Sabemos que é assim, que a nossa vida é assim, mas não podemos mentir. Custa mais, muito mais, depois de te termos muito.

Volta depressa.

14.09.19

Italia


Lila

Segunda e terceira semana. Viajamos directamente de Fez para Veneza. Confesso que tinha uma ideia completamente errada da cidade. Adorei, fiquei mesmo apaixonada. Os canais dão-lhe uma magia única. Estivemos quatro dias a visitar todos os principais monumentos e museus e depois fomos ate Verona. Outra enorme surpresa. Para alem de toda a mística à volta de Romeu e Julieta, é uma cidade encantadora. Em Verona fomos à opera no Arena. Vimos Aida e eu ate chorei de emoção ao entrar no recinto majestoso. Foi mesmo o ponto alto da viagem. Visitamos o Lago Garda e passamos a tarde na vila do lago. Depois, fomos ate La Spezia, ponto de partida para a visita das Cinquet Terre. Para mim, era sonho ir lá e fiquei super feliz com esse passeio. Daqui, viajamos ate Florença. Estivemos quatro dias nesta cidade. Museus, Duomo, castelo. Uma enchente  enorme de turistas. Foi a cidade de que gostei menos. terminamos em Roma, onde já estive mas era importante dar a conhecer ao JA. Passamos um dia inteiro no Vaticano e conseguimos mostrar-lhe os locais onde já tínhamos sido muitos felizes. Roma é uma cidade cheia de vida e fantástica para visitar. 

Regressamos com a cabeça cheia de imagens, de historia, de fantasia. Neste percurso, ainda estivemos com os nossos amigos brasileiros em Veneza, onde jantamos duas vezes, em Florença, onde jantamos uma vez e em Roma, onde jantamos outra vez. Foi mesmo bom revê-los e por as gargalhadas em dia.

Em suma, foi uma viagem de família, onde estivemos juntos 24 horas por dia durante 3 semanas, a aproveitar cada bocadinho.

Muito grata por termos tido esta oportunidade.

 

13.09.19

Marrocos


Lila

Primeira  semana. Estivemos 3 dias em Rabat, instalados no primeiro Riad dos 3 que elegemos. Rabat, é a capital e a segunda maior cidade de Marrocos. É uma cidade com praia, a qual faz concorrência com a Medina e toda a parte cultural. Alugamos um carro e fomos até Casablanca, onde visitámos os pontos mais importantes, entre eles a Mesquita Hassan II, o templo mais alto do mundo .Casablanca é a terceira maior cidade turística de Marrocos, sendo principalmente uma cidade de negócios por ser a capital económica do país. Depois, estivemos 3 dias em El Jadida, a antiga cidade portuguesa de Mazagao. Nesta cidade caótica, estão todos os marroquinos a passar férias de praia. Merece a pena ver a edificação portuguesa e a cisterna. Fizemos praia duas tardes, uma delas entre marroquinos, a outra num resort mais resguardado. Os últimos dias foram passados em Fez, que se tornou a minha cidade marroquina favorita. Fez tem uma Medina impressionante e há que ver a industria de coloração e tratamento de peles, famosa na cidade. O por do sol tem que ser visto de uma colina, com vista panorâmica para as 9000 ruelas da Medina. Impressionante. No caminho para Fez visitamos Vollubis, a cidade arqueológica que foi a primeira Fez. Adorei essa visita e fazem- se fotografias muito interessantes. 

Marrocos tem um fascínio incomparável, principalmente se nos misturarmos com os locais, ficarmos instalados nos riads, muito mais autênticos que os hotéis e igualmente confortáveis, comermos a comida tradicional e vaguearmos pelas Medinas, onde o cheiro das especiarias, as casas típicas, a amabilidade dos locais e as cores intensas nos fazem sentir vivos.

 

 

 

13.09.19

Voltei


Lila

Ainda um pouco apardalada, depois de 3 semanas de férias em viagem. Dois países, nove cidades. Consegui desligar a cabeça de tudo e mais alguma coisa,  mas o corpo acusa o cansaço de tantos dias em movimento. Vou tentar por o tema em dia, prometo, até porque há muito para contar.

Pág. 2/2