Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

29.10.11

Jantar


Lila

Ontem jantámos com o Carlos e a Dora.

Fomos a uma tasquinha comer uns petiscos.

Mas o prato principal foram  as gargalhadas.

É que estar com estes dois tem disto.

Esquecemos os problemas, o mau humor, o estado da Nação e rimos de coisas parvas, inventamos grandes filmes e continuamos a rir alto e bom som.

Que bem que faz á alma.

 

 

 

27.10.11

Diabetes


Lila

Não sei se é coincidência, se uma estúpida fatalidade, mas nos últimos 3 meses, 3 pessoas muito próximas de mim e na casa dos 30 anos, foram diagnosticadas diabéticas insulinodependentes.

É assustador.

Não sei se pelo estilo de vida, se o que é, mas parece que de repente desatou tudo a ser diabético.

Se fosse uma doença contagiosa começava já a ficar nervosa.

 

 

27.10.11

Massagem a dois


Lila

 

 

De vez em quando dá-me um ataque e desato a comprar massagens para fazer com o meu mais que tudo.

Esta semana fomos a uma, e só vos digo, que vale a pena.

Uma hora a ser massajada e depois, no final, um chazinho de frutos vermelhos com chocolates (esta parte dispenso, mas o meu cara metade agradece...).

Saímos de lá a voar...

Ui ca bom.

23.10.11

Kizdania


Lila

Toda a tarde de festa na Kizdania.

O meu filho, os amigos e os primos.

Uma ramboiada de todo o tamanho.

Estamos todos cansados, mas felizes.

O rescaldo foi muito positivo, acho que todos os meninos se divertiram e era esse o nosso objectivo.

A festa propriamente dita foi na discoteca e todos abanámos os capacetes (sim, até os adultos, somos mesmo incontroláveis...).

Apesar da tempestade que se abateu por estas bandas, chegámos todos sãos e salvos a casa.

21.10.11

NYC


Lila

Dou por mim a dar-me conta de que 95% dos filmes que vejo são filmados com Nova Iroque como pano de fundo.

E as minhas saudades são cada vez maiores.

Acho que fiquei irremediavelmente apaixonada.

 

19.10.11

Meia noite em Paris


Lila

Cartaz do Filme

 

Do eterno Woody Allen, o meu realizador favorito.

Apesar de ser completamente diferente de tudo o que já vi dele, gostei.

Porque é uma ode a Paris, porque reconheci as ruas, os monumentos, o charme da cidade do amor e porque a história é no final de contas, uma grande aula de literatura e arte.

Foi o programa da tarde de hoje e valeu a pena.

 

 

19.10.11

As férias


Lila

Estes dias têm sido uma loucura, não tenho tido tempo para cá vir.

Estamos de férias, ainda que por aqui, já que o nosso filhote tem escola.

Mas estas férias são atípicas, levantamo-nos cedo para levar o JA á escola e depois temos o tempo todo para nós, para por tudo em dia, até voltar a ir busca-lo.

Mas entre coisas para fazer, entre o jantar de aniversário do nosso filhote (21 pessoas em casa ontem), e muita actividade física, o tempo tem escasseado.

Ontem fizemos uma caminhada de 13, 5 km pela serra (dói-me muito o rabo, é só o que vos posso dizer...).

Hoje andámos 20,5 km de bicicleta pela serra, á beira-mar (o meu rabo não está melhor, é um facto).

Este fim de semana temos um casamento de família e a festa de aniversário do meu filhote para os amigos e primos.

Acho que vou trabalhar de gatas, na segunda.

(pelo cansaço e também pelos doces das festas...não devo conseguir andar, só rebolar).

 

18.10.11

O dia D


Lila

De dádiva.

O dia em que conhecemos o nosso João Afonso.

O dia em que as nossas vidas  mudaram para sempre.

 

Parabens, João Afonso.

15.10.11

mana Caçula


Lila

Hoje a minha irmãzinha faz 29 anos.

E o que mais me preocupa é que eu tenho uma memória assustadoramente nítida do dia em que ela nasceu, do que sofri sem ter noticias e da sensação que tive quando soube da boa nova. Estou mesmo a ficar velha!

A minha mãe foi para o Hospital de manha e ela só nasceu ao final da tarde e nessa altura não havia telemóveis.

Passei o dia á espera de noticias, fui e vim da escola e ...nada!

Mas ela  chegou e as nossas vidas mudaram.

A minha principalmente.

Passei a ter uma boneca viva para brincar.

Parabéns, mana!