Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

23.03.11

Parabens, Teresa!!!


Lila

Eu sou uma amiga desnaturada, mas não me esqueci de ti.

Espero que tenhas tido um dia muito feliz, tão feliz como mereces.

Um beijo do tamanho do mundo.

(a  minha mensagem acordou-te não? É que me esqueço que aqui tenho uma hora a mais...sorry)

 

 

23.03.11

Das pessoas fantásticas


Lila

Hoje tive outro dia horroroso.

Há fases muito más nas nossas vidas, agarro-me ao facto de serem apenas coisas de trabalho e não pessoais, mas de qualquer forma, o meu feitio dá-me para sofrer muito com o que se vai passando á minha volta, o peso destes problemas arrasa comigo.

Ao final da tarde, no escritório de Madrid, deu-me uma coisinha má e estava ao telefone, a falar em português, absolutamente irritada.

A empregada da limpeza, Carmen, como a minha mãe, a minha avó e a minha irmã, dizia baixinho a uma das nossas delegadas:

" Mira, que enfadada está hoy. No entendo nada, pero sea que lengua sea, se nota que está enfadadissima, la pobre."

A minha colega respondia, que sim com a cabeça.

E quando desliguei o telefone, escritório já vazio, pegou-me por um braço e disse-me:

" Venga, vamos de copas, lo necesitamos."

E fomos.

Ao segundo copo de vinho branco, já eu arrastava as palavras.

Rimos que nem umas perdidas, falámos de tudo, mandámos o trabalho á merda.

E eu tive que pedir umas tapas, que sem elas, possivelmente que já nem me levantava da cadeira.

E o bem que me fez, desanuviar um bocado, pensar em nada e em coisa nenhuma, rir de tudo e falar de nada, ao mesmo tempo que falámos de absolutamente tudo. De homens, de mulheres, de clientes bons e maus, dos filhos que ela não tem e que quer ter, de família, de amigos que perdemos, de que as empresas não têm alma.

E a nossa ficou limpa, imaculada.

Amanhã é outro dia.

Chove muito aqui em Madrid, mas estou segura que amanhã o Sol vai nascer outra vez e tudo me vai parecer mais fácil.

(ou então não, e isto é o vinho a falar...)

 

 

22.03.11

Humpft!


Lila

Em dias como o de hoje, gostava tanto que o meu homem me sustentasse e eu fosse super dondoca.

A sério.

E no entretanto, enquanto ele não se decide, vou a Espanha trabalhar mais um bocado.

 

22.03.11

armada em esperta


Lila

Hoje levantei-me para fazer a minha caminhada.

E agora tenho uma dorzinha numa das pernas que até me custa a andar.

Devo andar mais com a perna esquerda do que com a direita...

Ah e tal, míni maratona e coiso.

Toma lá que é para não te armares em Rosa Mota.

Agora vou até ali a coxear e já venho.

 

 

20.03.11

21ª Mini maratona de Lisboa


Lila

Pois, chegámos há bocadito e estamos todos moídos.

Não, não demorámos o dia inteiro a fazer a caminhada, mas depois da caminhada fomos almoçar e depois subimos a baixa a pé (como se ainda não tivessemos andado nada) e depois viemos de transportes para casa.

No total, quase 17 km andados.

Eu só posso dizer que o meu JA é mesmo um herói.

 

19.03.11

Pronto, pronto.


Lila

Já comecei o ultimo modulo do meu curso on line.

Já fiz a primeira parte, faltam duas e o trabalho final.

Em Abril estou despachada.

Só tenho que manter este ritmo.

 

 

19.03.11

Gnomeu e Julieta


Lila

Cartaz do Filme

 

Taaão lindo!!!

E o JA adorou.

Foi um optimo programinha de fim de tarde, depois de um dia maravilhoso de Sol, um almoço de peixe na esplanada e a melhor companhia do mundo, o papá da casa!!!!!