Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

04.08.09

Adolescentes com cabelos brancos


Lila

A confusão que me faz ouvir as queixinhas ciumentas de mulheres com mais (muito mais) de 40 anos.

Mas será que aquela dorzinha no peito de quando se gosta de alguém na adolescência é igual á que se sente quando já se é madura?

Que tristeza.

Duas mulheres com idade para terem juízo, a descabelarem-se pelo mesmo homem, que ainda por cima, não está nem aí...

E eu no meio, a ouvir as queixas das apaixonadas, que se viram uma contra a outra e do objecto da paixão, que está irritado com a cena.

Ai a minha vida.

Mas eu não terei mais nada que fazer do que aturar esta gente?

Raiosmapartam.

04.08.09

Saudades


Lila

Hoje de manhã, antes de sair de casa, passei revista ás diferentes divisões, em busca de brinquedos espalhados, marcas das brincadeiras do dia anterior. E só encontrei as habituais dedadas do meu filhote, na mesa de centro da sala. Provavelmente ainda de Domingo á noite. E contrariamente ao que seria habitual, não fui a correr limpá-las com um paninho e glassex. Deixei-as lá ficar, nostálgica.

 

Acho que o pior já passou. A primeira noite e a primeira manhã. Enfrentar o silêncio da casa á noite. Acordar sem um “MAMAAAAAAAAAAAAAAAA””, bem sonoro no meu ouvido e um corpinho quentinho a rolar na minha cama.

 

Bolas, que isto custa

03.08.09

Longe da vista...


Lila

Mas tão perto do coração!

O meu filho foi pela primeira vez de férias (se é que se pode chamar férias estar desterrado no campo, mas enfim...) e eu já chorei que nem uma Madalena.

Porque estou preocupada com a sua segurança.

Porque sei que ela vai sentir a falta da mama e dos mimos da mama.

Porque , principalmente ,foi contra a minha vontade, o que responsabiliza em quantidades astronómicas o pai e avó, que ainda assim arriscaram a ida.

A mãe tem sempre todas as tarefas e responsabilidades e ao pai sabe bem que assim seja, com excepção de quando lhe convêm.

È que se lhe acontece seja o que for, se vier com um fiozinho de cabelo beliscado, vão ter de me ouvir.

O resto das suas vidas infelizes.

È que eu quando quero e me pisam os calos, principalmente em tudo o que diga respeito á minha cria, eu sou osso durinho de roer.

Já deviam saber disso.

02.08.09

There´s just one life...


Lila

All of us came in throug the same door

All of us will very soon be leaving

we were brougth here, soon we will depart

Now I dont care if someone says Iam foolish

because while I am here I am singing from my heart...

 

in One life, by Lisa Ekdahl

02.08.09

Aqui fica registado...


Lila

Para que conste, porque nunca se sabe as voltas que a vida dá e o meu feeling é tão negativo...

O meu filho vai com a avó para o Algarve sob única e total responsabilidade e autorização do pai.

E contra a minha vontade.

 

02.08.09

Um dia de Domingo


Lila

Sem marido nem pai para nos alegrar as horas.

Lá fomos, num programinha de Domingo mãe-filho, rumo á praia da Figueirinha no já comentado autocarro sem tecto.

Aguentámos apenas algumas horas na praia, porque apesar da temperatura estar excelente, de vez em quando vinham uma ventania que arrastava tudo á frente.

O nosso chapéu de Sol acabou por voar e quase espetou uma rapariga.

Fechei o desgraçado várias vezes e depois desistimos.

Não sem antes termos tomado uns bons banhinhos e brincado ao salve-se quem puder na água. Eu fazia de Diana Chaves e de equipa azul e o JA de Marco Horácio e em simultâneo de equipa vermelha.

Muito educativo.

E agora já estamos em casa, de banhinho tomado e tudo arrumado.

JA está esticado no sofá a ver um filme e eu estou podre de sono.

 Eta Dominguinho sem graça!!!!

02.08.09

KOI


Lila

Ver imagem em tamanho real

Ontem jantámos todos juntos, manas e anexos, para comemorar o aniversário da nossa Angelita.

O local escolhido foi o restaurante japonês KOI (amor ou carpa em jamponês), em Alcântara, onde a  minha mana mais nova, agora uma jet-set do mundo da imprensa, tinha tirado um curso de Sushi.

Foi muito agradável, rimos bastante com as parvoíces umas das outras, como sempre e os miúdos portaram-se lindamente.

Diz quem gosta de sushi, que é divinal.

Eu comi uma coisa bem cozinhada, que a  mim faz-me um bocado de impressão que as coisas ainda mexam no prato.

 

01.08.09

Querido mês de Agosto


Lila

Hoje de manhã quando acordei e vi o raio do tempo, ia-me matando.

È que já que estou há semanas sem marido ao serão e já que vou estar também o fim de semana sem marido, ao menos ia afogar as amarguras na água do mar e derreter o mau humor ao sol, com o meu filho debaixo do braço...

Ainda por cima tenho um biquíni novo, ( o meu marido disse, com cara de poucos amigos, que me ficava bem demais, por isso deve ficar , vá, benzinho,...) que permite umas combinações de cores giríssimas e que só não é mais giro porque há demasiado soutien e poucas mamas,  pouca cueca e demasiado rabo.

 

01.08.09

Eu hoje estou que não posso...


Lila

E então, para não me por a dizer mal deste e daquele, como me apetece, vou dizer mal desta produção fotográfica.

 

È que ninguém teve coragem de explicar a esta senhora que ela não tem nem cara, nem corpo para pousar numa revista masculina... (ainda que o photoshop exista em versões cada vez mais avançadas, como se pode ver pela amostra junta)

Minha gente, quando eu tiver esta idade, se me apetecer fazer patetices destas, armada em menina de 18 anos, por favor, mas por favor mesmo, atem-me a uma cadeira e preguem-me duas chapadas.

Detesto velhas gaiteiras.

 

(eu hoje se mordo a língua, morro...tal é a minha fúria...)

Pág. 5/5