Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

17.03.10

Paixão a dois


Lila

 Eu e a minha amiga Tana temos marcada uma massagem chamada Paixão a dois, no âmbito das actividades mensais planeadas para 2010.

Passo a explicar:

As actividades servem para estarmos juntas, para pormos a conversa em dia e aproveitarmos as nossas afinidades mais vezes.

Porque a rotina do dia a dia afasta-nos e isso acaba por nos deixar tristes por não conseguirmos dar a volta.

Podíamos limitar-nos a almoçar, como já aconteceu (almoço delicioso e conversa melhor ainda), mas a maluquice faz-nos ir um pouco mais longe.

Então, pusemos na cachimónia que queríamos fazer uma massagem e eu convenci a senhora do spa que tínhamos que a fazer ao mesmo tempo e no mesmo espaço.

E o que é que ela nos arranja?

Uma massagem para casais, chamada Paixão a dois.

Eu dei por mim a falar despropositadamente nos nossos filhos e maridos, como se quisesse provar-lhe alguma coisa.

Isto enquanto o meu marido estava a  ouvir a conversa e a murmurar "ai, que panisgas...".

Só sei que os nossos nomes estão associados a uma Paixão a dois na agenda de um spa altamente movimentado.

E eu já nos estou a ver a chegar lá e a gritar na recepção, tipo, como quem não quer a coisa, "olha aquele gajo tão giro, pá, o que eu gosto de gajos..."

Só para garantir que não somos (ainda mais) mal interpretadas.

 

O que já nos rimos por causa disto, valeu a pena.