Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

22.01.10

Racismo


Lila

Hoje deparei com a primeira manifestação de racismo do meu filho e fiquei mesmo muito triste.

Nesta escola, felizmente tem meninos de outras raças, meninos gordinhos, magrinhos, estrangeiros. Na privada havia uma homogeneidade que não me agradava, tanto eu como o A. queremos que o nosso filho  cresça a respeitar a diferença. Isso é algo que se ensina.

Na turma do JA há um menino negro que é muito traquinas, aliás como todos os outros. A agravante do José é que é muito grande, e portanto, quando lhe dá para o disparate, magoa os outros á séria.

Hoje fui buscar o JA á escolinha e ele queixou-se e que o José lhe tinha dado socos na barriga.

Eu fiquei estupefacta e perguntei porque raio lhe tinha ele dado socos e ele respondeu que o José batia muito nos amigos porque tinha a pele escura.

Juro que fiquei mesmo muito desiludida.

Estive meia hora a explicar-lhe que ser agressivo, não tem nada a ver com a cor da pele, e que ele próprio, quando era pequenino, era o terror da pancadaria.

Qualquer coisa e batia em tudo o que lhe passava á frente.

Quero acreditar que este comentário infeliz foi feito por outro coleguinha e ele repetiu.

As crianças podem ser muito cruéis umas com as outras.

Vou ter que ficar mais atenta..