Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contos sem nó

As minhas histórias

Contos sem nó

As minhas histórias

30.10.09

Os árabes


Lila

 

Uma coisa que me impressiona positivamente nos árabes é o facto de respeitarem e adorarem crianças.. Não são simpáticos com os adultos, até podem ter a cara fechada, mas ao verem uma criança, o sorriso abre-se, tem de lhe tocar na cabeça, falar com ela.
E isso é coisa para derreter o coração de uma mãe.
Se formos a Londres ou Paris com uma criança, ninguém olha para ela, somos ignorados e até mesmo descriminados.
Em algumas cidades da Europa, somos mais acarinhados se andarmos com um cão, seres mais idolatrados do que as crianças, nestas cidades.
 
(Nota de rodapé: Numa das noites fiz este comentário a um dos empregados do riad, que me disse “não, madame, aqui o seu filho e a madame valem muito dinheiro, não lhe largue a mão nunca…”.
Eu fiz uma cara de horror e ele acrescentou “Ah, estava a brincar!”
A brincar? Chiça!!!)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.